Blog de p-orandi-oliveira
  

Resultado de imagem para foto inferno

Se você perguntar a alguém para definir a palavra inferno você vai ouvir uma variedade de definições. Muitas pessoas definem o inferno como um destino eterno dos ímpios. Alguns definem o inferno como um período de tempo onde uma pessoa passa quando está reencarnando de uma vida para outra. Outros definem o inferno como a morada dos mortos, enquanto outros ainda dizem que o inferno é simplesmente nada mais do que algo que é uma difícil experiência.

A Bíblia usa palavras como Hades, Seol, e até mesmo Geena quando se refere ao inferno. Para os cristãos, a questão é, há uma diferença entre Hades, Inferno, e Seol? Um estudo da Bíblia nos dará a resposta a esta pergunta.

Existe uma diferença entre Hades Inferno e Sheol?

O que é o inferno?

Como foi mencionado em primeiro lugar, as pessoas têm muitas definições para a palavra inferno. Segundo o Google a palavra inferno tem o seguinte significado:

inferno – substantivo masculino
1. mit local subterrâneo habitado pelos mortos (tb. us. no pl.).
2. rel para os cristãos, lugar em que as almas pecadoras se encontram após a morte, submetidas a penas eternas.

Como a Bíblia define o inferno?

A Bíblia usa a palavra inferno 54 vezes ao longo do Antigo e Novo Testamentos (KJV). A primeira menção da palavra é encontrada em Deuteronômio 32:22 o seguinte: Porque um fogo se acendeu na minha ira, e arderá até ao mais profundo do inferno, e consumirá a terra com a sua colheita, e abrasará os fundamentos dos montes.

A palavra hebraica usada para o inferno neste versículo é a palavra Sheol, que é usada para descrever o mundo subterrâneo dos mortos. Se combinarmos esta palavra com a descrição do Senhor, Sheol pode ser descrito como um local subterrâneo onde as pessoas que rejeitaram a Deus são atormentados pelo fogo, a ponto de haver pranto e ranger de dentes.

O primeiro uso da palavra no Novo Testamento é encontrado quando Jesus falou sobre isso em Mateus 5:22 como se segue: Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.

Neste verso, a palavra vem do grego, Geena. Geena era comumente conhecido como o nome de um lixão da cidade fora de Jerusalém onde as pessoas queimavam o lixo e o fogo nunca se apagava. Jesus usou essa palavra para o inferno em Marcos 9:41-48 como uma comparação com o fogo do inferno que nunca acaba como descrito no Antigo Testamento.

No Novo Testamento, sempre que a palavra inferno foi usada para descrever o local subterrâneo onde as pessoas que rejeitaram a Deus são atormentados para sempre pelo fogo, com ranger de dentes, foi utilizada uma palavra grega diferente. Esta palavra era a palavra Hades. Hades é a palavra grega do Novo Testamento para a palavra hebraica do Antigo Testamento Sheol. Sabemos disso porque Pedro usou a palavra em Atos 2:27, quando citando Salmos 16:10 que usa Sheol quando se refere ao inferno: “Porque tu não deixarás a minha alma no inferno (Hades), nem permitirás que o teu Santo veja a corrupção” (ver também Mateus 12:40; Efésios 4: 9-10 e Filipenses 2: 9-10 com referências a Cristo estar no inferno localizado no centro da terra).

Pode a palavra inferno significar simplesmente a sepultura?

Alguns dizem que não há inferno como um lugar de tormento eterno e sofrimento. Em vez disso, eles dizem que é apenas a sepultura. No entanto, eles baseiam a sua crença em alguns versos, onde as palavras Seol e o Hades foram traduzidos como cova. O problema com isto é que as referências que são usadas negam o contexto do que está a ser apresentado. Quando você olhar para o contexto encontra muitos problemas com a tradução Sheol e Hades como um túmulo, que normalmente é (qeber) comom palavra hebraica. Há muitas sepulturas, mas apenas um Sheol ou Hades. O homem pode colocar alguém na sepultura (qeber), mas nunca coloca alguéum no Sheol ou Hades (1 Reis 13:29-30). O homem pode tocar um túmulo (qeber), mas não toca Sheol ou Hades (Números 19:16). Alguém pode ter a sua própria sepultura (qeber), mas a Bíblia nunca fala de cada pessoa ter o seu próprio Seol, ou Hades (2 Samuel 3:32).

Existe algum outro significado da palavra inferno?

Finalmente, há mais uma palavra que é traduzida como inferno, que é a palavra grega tártaro em 2 Pedro 2:4, onde Deus prendeu os anjos maus que pecaram em Gênesis 6:1-4 (Veja também Mateus 25:41; Judas 6). Tartaroo do grego, vulgarmente conhecido como Tártaro, é entendido em grego bíblico como sendo o mais profundo abismo do Hades (2).

Conclusão

Muitas pessoas têm definições diferentes da palavra inferno, é comumente definido como mundo inferior, morada dos mortos, ou regiões infernais. A Bíblia define o inferno como um local subterrâneo no centro da terra onde as pessoas que rejeitaram a Deus são atormentados pelo fogo. A palavra hebraica Sheol é definida com o mesmo que a palavra grega Hades. A palavra Sheol ou Hades não referem-se a uma sepultura. Uma outra palavra grega traduzida como o inferno é a palavra grega tartaroo, que é o mais profundo abismo de Hades.


Escrito por p-orandi-oliveira às 14h59
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO


CATEGORIAS
Todas as mensagens
 Link



OUTROS SITES
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!